3 eventos ao vivo

vc repórter: consumidora de SP compra barra de cereais estragada

17 jul 2013
12h58
atualizado às 13h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Uma consumidora de São Paulo teve uma surpresa desagradável ao abrir uma barra de cereais comprada há cerca de duas semanas em um supermercado localizado na rua Maria Amália Lopes de Azevedo, na zona norte da capital paulista. O produto, de sabor morango com cobertura de chocolate da marca Ritter, estava visivelmente estragado.

O produto, de sabor morango com cobertura de chocolate da marca Ritter, estava visivelmente estragado
O produto, de sabor morango com cobertura de chocolate da marca Ritter, estava visivelmente estragado
Foto: Letícia Pedroso / vc repórter
A barra de cereais estava dentro do prazo de validade determinado
A barra de cereais estava dentro do prazo de validade determinado
Foto: Letícia Pedroso / vc repórter

“Abri a embalagem que continha três unidades e uma delas veio com ‘teia de aranha’, ovinhos de bicho e larva”, conta Letícia Pedroso. A barra em questão estava dentro do prazo de validade estipulado para o produto: 11 de dezembro de 2013. Na terça-feira, 16, Letícia entrou em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) para relatar o caso.

De acordo com a Ritter Alimentos S/A, o produto reclamado será coletado na residência da consumidora na quinta-feira, 18, para a realização de análises em laboratório. A empresa afirmou que a partir dos resultados irá avaliar as possíveis causas do problema.

No entanto, a empresa antecipou que como o produto foi fabricado em dezembro de 2012, e tem prazo de validade de um ano, o problema com os insetos "claramente" não ocorreu durante o processo de fabricação. "O ciclo de vida deste tipo de inseto é de quatro semanas aproximadamente, indicando então que a infestação se deu há pouco tempo, ou seja, vários meses após a data de sua fabricação", justificou.  

"Vale ressaltar que a empresa e seus produtos respeitam a legislação da Vigilância Sanitária no que dispõe as Boas Práticas de Fabricação e Comercialização, contando com rigoroso controle de qualidade em sua fábrica além de rigoroso controle de pragas", afirmou a Ritter.

Segundo a empresa, o produto será reposto à consumidora. "A empresa afirma ainda que preza há 94 anos pela qualidade dos seus produtos e pelo bom relacionamento e atendimento aos consumidores e clientes", completou em nota. 

A internauta Letícia Pedroso, de São Paulo (SP), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade